Pitadas de amor, política, sexo, inutilidades, poesia e filosofia.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

foto: Tiago Sousa

Que bom ter vontade de escrever, escrever sem motivo, escrever sem mostrar nada que o coração quer dizer, escrever para ninguem, sem intencionalidades, sem recados, sem mensagens subliminares.

Escrevo bem quando me sinto mal, quando tenho a cabeça atordoada por turbilhões de emoções confusas, escrevo melhor assim porque posso expulsar todas elas e niguém vai entender meus pesadelos, isso é o melhor de escrever, enfeitar os fatos que atordoam com letras que acalmam, que fazem rir, pensar.

Posso dizer tudo sobre alguém em uma frase, só falando de uma flor. Posso falar nada sobre alguém contando sua história, essa é a beleza das palavras, dizer o indizível, esconder o óbvio. A vida é mais fácil quando é escrita e mais bonita quando é lida.

Tiago Sousa

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Tiago Sousa Fotografia

Arquivo

Like us

Purifikarte